A CASA DO ALFREDO
. Written by Gisa Nogueira.
Finished
Anoiteceu pra vadiar Há um lugar onde você vai achar Um povo que canta e dança o som do cavaco e do violão Pandeiro, tantan e repique batida de mão Tem roda de samba, tem samba de roda Tem choro e tem bossa pra rememorar Tem papo furado e papo cabeça Um samba de mesa pra valorizar Frequentam doutores, poetas, cantores Quem lê, quem escureve ou apenas quem bebe Nortistas, sulistas, paulistas, mineiros e até estrangeiros chegam por lá Uma união peculiar É o bipbip esse lugar É a casa do Alfredo que é dono e freguês Que pendura e cobra conta por mês Que grita com chato, mas chora se vê uma criança sofrer Eu levo o samba que acabei de compor E ouço de outros parceiros de mesmo valor Lá é um direito do compositor Noite adentro desfilam Medeiros, Duartes, Nogueiras, Buarques, Nelson Cavalquinho Pereira, Batista, Sargento, Alfaiate, Monarca e Cartola, Pixinga Noel, Tom Jobim da Viola Parece uma escola se quiser frequentar Vai ouvir o melhor da música popular É o bipbip esse lugar É o bipbip esse lugar É o bipbip esse lugar